A CURA MORTAL [#3 TRILOGIA MAZE RUNNER] – JAMES DASHNER (RESENHA)

CONSPIRAÇÕES

SEGREDOS

REVELAÇÕES

índice

Em A Cura Mortal, terceiro livro da série Maze Runner, somos levados à outro cenário, não se trata mais dos experimentos doentios do CRUEL, e caso você ainda não tenha lido as resenhas dos dois livros anteriores, clique aqui e não deixe de ler.

Thomas e seus amigos conseguem quase que se desvencilhar das garras dessa organização, que aos poucos vamos compreendendo sua finalidade, a agora precisam se manter longe deles e buscar a cura para o Fulgor, vírus que assolou e destruiu o planeta terra.

O medo do desconhecido não o controlava mais. A esperança havia encontrado o caminho e tomara conta dele. P. 144

Com isso, conseguimos ver como está o mundo exterior, ou o que sobrou dele. Com a doença se espalhando rapidamente o governo não possui o controle e não sabe o que fazer para reverter a situação. Com um descaso desumano para com os infectados, eles os juntam em lugares isolados e os abandonam para que morram aos poucos ou para que sejam mortos pelos CRANKS em estágios avançados.

Bem, não sei exatamente o que deu errado entre Prova de Fogo e Cura Mortal. A verdade é que os personagens se perdem completamente durante a trama. Thomas comete algumas burradas do tipo “oi???”, Teresa…. quem é mesmo Teresa? Ela praticamente sumiu do mapa, suas aparições são tão esporádicas que ela se torna uma personagem secundária, tipo aqueles figurantes de novela que aparecem na cena pedindo uma xícara de café no restaurante.  Todos terminam tendo um desempenho abaixo da média, tornando difícil nos lembrarmos de quão bons em ação eles eram no início.

Outra coisa que me cansou bastante, a ponto de chegar ao final e eu já estar bem cética, foi a constante manipulação do CRUEL para com os garotos, e garotas. Perdi a conta de quantas vezes eles, ao longo da trilogia, foram enganados, iludidos, acreditaram em mentiras, pensaram ser uma coisa quando era outra. Isso, é óbvio, sempre dá um “TCHAN” nos livros. Quem nunca ficou surpreso quando o personagem descobre que nada é o que parece? Mas quando isso se repete incansavelmente e em todos os livros, a graça vai se perdendo e de repente nem estamos mais tão surpresos quando alguma mentira é descoberta, apenas acenamos com a cabeça e pensamos “uhuum…”.

É um clichê, eu sei, mas você não acredita que o fim justifica os meios quando não há outra escolha? P.15.

O final também não me deixou com lágrimas nos olhos ou aplaudindo de pé. Achei que foi um desfecho raso, mas levei em consideração o fato de ter uma organização misteriosa por detrás da história. Não sei por que, mas em todas as minhas experiências de leitura, séries, filmes em que há uma organização misteriosa, a coisa desanda em algum momento.

Dito isso, devo admitir que as últimas páginas apresentaram um punhado de ação, coisa que Dashner não economizou em nenhum de seus livros. Por mais que muita coisa já tenha me deixado com uma sobrancelha arqueada, nos momentos finais eu fiquei um pouco desesperada com aquela impressão de que tudo daria errado e me vi completamente agoniada para saber logo como acabaria.

Tirando essas criticas mencionadas que me incomodaram bastante (e obviamente será refletida em minha nota pessoal para o livro), todo o resto é legalzinho. Não é o melhor livro da trilogia e tão pouco o pior que já li na vida. É mediano.

Como tentamos instilar repetidamente em nossos indivíduos, o CRUEL é bom.” P.364.

Kiss Kiss

=*

Título: Maze Runner: A Cura Mortal

Título Original: The Death Cure

Autor: James Dashner

Editora: V&R

Páginas: 364

Ano de Publicação: 2012

Gênero: Aventura / Ação / YA / Distopia

Avaliação: 1 ESTRELA1 ESTRELA1 ESTRELA

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s